Grãos integrais - Como incluir na alimentação?

Seg, 09 de maio, 2016

Atualmente as pessoas estão se preocupando mais com sua saúde, optando por consumir alimentos mais saudáveis.

Os alimentos ricos em fibras pertencem a um dos grupos alimentares que está sendo muito destacado entre os pesquisadores como alimentos fundamentais para o organismo.

Os grãos integrais além de serem fontes de fibras, vitaminas e minerais, possuem propriedades funcionais que ajudam a prevenir diversas doenças, entre elas as doenças coronarianas. A American Heart Association (AHA) recomenda o consumo de vegetais, frutas e grãos integrais, confirmando a importância das fibras alimentares, antioxidantes e outras substâncias presentes nesses alimentos que atuam na prevenção e controle das doenças cardiovasculares.

É claro que aliado ao consumo desses alimentos, é fundamental a manutenção de um peso adequado, prática de atividade física regular e consumo moderado de gordura, evitando assim a ingestão excessiva também de calorias.

As fibras presentes nos grãos integrais são principalmente fibras insolúveis, que atuam aumentando o bolo fecal e regulando o trânsito intestinal. Estudos sugerem que com o consumo de fibras, o tempo de presença de bactérias patogênicas no cólon é menor, diminuindo assim o risco de câncer intestinal.

Aveia, farelo de trigo, semente de linhaça, germe de trigo, gergelim, estão entre os mais conhecidos e mais encontrados grãos integrais. Mas se estes grãos fazem tão bem para a saúde, por que não incluir em nossa alimentação?



   Ver todas as dicas de nutrição
   Mais dicas de nutrição


Produtos